quinta-feira, 9 de abril de 2009

MEMÓRIAS DE FEIRA DE SANTANA (VI)



DEZ ANOS DA TRIBUNA FEIRENSE
ABRIL 1999


ABRIL é o mês de aniversário do jornal Tribuna Feirense. Parece ter sido ontem que encontrei o jornalista Valdomiro Silva reunido com João Batista Cruz de Souza, Gildarte Ramos da Penha e Denivaldo Santos (fotos acima) discutindo a formação de um jornal. Mas foi em 1999, portando já são decorridos 10 anos.

TUDO aconteceu numa sala da assessoria de comunicação da câmara. Quando empurrei a porta procurando o saudoso jornalista Egberto Costa, que, aliás, não se encontrava no local, flagrei um pouco da conversa entre os dois jornalistas – Valdomiro e Batista e os dois publicitários – Gildarte e Denivaldo.

A IDEIA era de um jornal semanário. Nunca para concorrer com a “Folha do Norte” – em setembro completando cem anos, mas para com ela tentar diminuir a ausência do jornal “Feira Hoje”, que deixou de circular um ano antes, em novembro de 1998, poucos depois de completar 28 de existência.

DIAS depois da conversa entre os quatro, chagava às bancas de revistas e jornais o primeiro numero da Tribuna Feirense. Também em centenas de lares feirenses porque diferente de tantas publicações locais já desaparecidas, o jornal comandado por Valdomiro já nasceu com um bom número de assinantes.

PASSADA a euforia das primeiras semanas, vieram as dificuldades para a edição chegar até os leitores. Como nem todos atentam para aquele pequeno espaço onde fica o expediente, poucos notaram que depois de alguns números o jornal estava funcionando na própria residência de Valdomiro – Rua Simões Filho, Ponto Central. E no expediente apenas ele e a esposa e companheira, Márcia Silva, na parte comercial.

MESMO sem a competência comercial e empresarial que lhe sobre como jornalista, Valdomiro com a ajuda principalmente de Márcia, resistiu e avançou. O jornal que teve sua primeira redação em plena Rua Carlos Gomes, mas logo obrigado a se instalar na casa do editor, voltou ao centro da cidade no Edifício Drogafarma, foi para um espaço maior na Rua Sabino Silva e hoje está num amplo imóvel na Rua Monte Castelo.

O GRANDE salto aconteceu com a chegada do novo milênio, mais precisamente 33 meses depois do seu surgimento em abril de 1999. Na sua edição nº 141, de terça-feira, 27 de novembro de 2001 a Tribuna Feirense se apresenta como jornal diário, graças à sociedade entre Valdomiro e Márcia Silva com o médico-cronista Cesar Oliveira (fotos abaixo)

-“A população de Feira de Santana está recebendo, hoje, um grande presente, permitam-nos assim dizer. Este jornal, fundado em abril de 1999 como semanário, chega, depois de dois anos e nove meses, à condição de diário, com um único compromisso: praticar jornalismo isento e contribuir para que o povo feirense possa exercer a sua cidadania plenamente”. Disse Valdomiro, abrindo o editorial da edição histórica.

NÃO poderia o Blog Por Simas – o meio de comunicação caçula da cidade, deixar de registrar os 10 anos da Tribuna Feirense, onde, há muitos anos, mostro “Feira Ontem” aos leitores. Por fim, lembrar que este ano, como presente de aniversário, a Tribuna Feirense vai devolver a cidade o seu suplemento “Tribuna Cultural” que surgiu em 2003.

2 comentários:

  1. Adilson

    A Tribuna e o Leegoza que sempre tiveram o prazer da sua companhia e dos nossos embates agradeçem a homenagem e o reconhecimento. Estar nas suas " memórias" nos faz ter a certeza que fizemos, até aqui, o que era certo.

    Abraços

    Leegoza/ César
    PS: foi vc que escolheu estas fotos minha e de valdomiro, bonitos assim, para ter público?

    ResponderExcluir